AMOR E SEXO, juntos e separados…

263

Paixão é fogo que passa, quem nunca ouviu esse ditado?  Química primitiva que une muitos, e o que resta é estar decido a amar, já que pronto a gente nunca fica.

Quem nunca teve dúvida sobre isso talvez ainda não se percebeu, rsrsrs. É a crise, a dúvida e até muitas vezes o caos, que nos fazem crescer, a dor de não estar certo, a procura do que nos faz feliz. Também é a decisão que faz escolher os caminhos. Sempre carregaremos perguntas, e isso é bom, a verdade é que as respostas caminham dentro da gente, é preciso busca-las, isso por muitas vezes é demorado, é chato, e dói, mas quem procura acha, quem procura dentro, acha com assertividade.

Amor e sexo são palavras que deixam qualquer criança, adolescente e ainda adultos confusos. Nossa história, herança psicológica, social e cultural, construiu homens e mulheres com muitas crenças, valores e tabus, paradígmas que geraram dificuldades pra muitos. Ainda que hoje percebamos o sexo a solta, o amor anda raro. Muita informação, hoje tudo está aberto, aberto até demais, saímos de um extremo para outro, muitas perspectivas e percepções externadas, e as pessoas buscando fora o que deveriam construir dentro de si. Saímos de um modelo onde o certo era cumprir regras, fizesse sentido ou não, e agora cada um fazendo a suas regras, antes o olhar estava muito no outro, e agora muito em si. Talvez nos reste buscar esse equilíbrio de olhar pra si, amar a si, com empatia suficiente para amar além de si.

Existe uma mistura de sentimentos dentro de nós, muitos ainda não conseguem assumir suas verdadeiras posições preferidas, por que se quer as conhecem. É preciso avançar nos diálogos, nas rodas de conversas, conversas internas, conversas a dois, em casa, nas ruas, nas famílias. E principalmente experimentar-se estar só, se amparar, para poder amar e amando juntos, é se fortalecendo o eu saudável, que se fortalece o nós também saudável. Com amor e sexo saudável. E se houver dúvida, relação saudável é aquela que eu não te adoece. Aprendemos com informação, conversas, experiências, umas boas, outras ruins, modelagem, modelação, e essas experiências tanto trazem nossa liberdade, para um mundo a ser conquistado em nós, quanto podem trazer dores e traumas pra uma vida toda enquanto pessoa, enquanto casal e para família, se não forem resignificadas.

Sexo é por cause de… Amor é apesar de.

Para Freud toda nossa libido de vida estaria ligada as questões sexuais desde a infância, se bem resolvidas ou não, nos trazem comportamentos saudáveis ou adoecedores. Essa libido surge como um instinto, algo primitivo, forte que domina nossas relações.

O Amor segundo Erik From é uma arte, que se desenvolve, é um construir de si para junto, de pessoas maduras. Como amar sem respeitar? Não é possível respeitar uma pessoa sem conhece-la, cuidado e responsabilidade seriam cegos, se não fossem guiados pelo conhecimento.

 

Adm. ROBERTA GALVANI DE CARVALHO.

Consultora Estratégica e Master Coach, estudiosa do comportamento humano.

www.galvanicarvalho.com.br – (63) 99731389. www.transforme-se.com